Trump bloqueia voos de companhias chinesas a partir de 16 de junho

Trump bloqueia voos de companhias chinesas a partir de 16 de junho

3 de junho de 2020 0 Por Renato Ojima

O governo de Donald Trump confirmou que suspenderá, a partir de 16 de junho, os voos de companhias aéreas chinesas para os Estados Unidos como uma resposta ao bloqueio de Pequim para as empresas do país. A medida afeta apenas os voos comerciais de passageiros, não os de transporte de cargas.

Segundo o governo norte-americano, a China ainda não autorizou que as companhias aéreas norte-americanas possam voar até as cidades do território chinês mesmo que a pandemia já tenha sido controlada.

A ordem executiva, publicada nesta quarta-feira (03), poderá ser antecipada caso seja necessário.

Em nota oficial, o Departamento de Transportes informou que a meta “não é a perpetuação dessa situação, mas sim criar um ambiente aprimorado para que as empresas de ambos os lados possam exercer plenamente seus direitos bilaterais”.

Desde março, o governo de Xi Jinping autoriza apenas um voo internacional de ida e volta para cada país, como forma de controlar o fluxo de estrangeiros que chegam ao território e, assim, evitar uma segunda onda de propagação do novo coronavírus (Sars-CoV-2).

Conforme o Departamento norte-americano, se Pequim revisar a medida, Washington também o fará rapidamente.

O anúncio é mais um a aumentar a tensão entre os dois países nos últimos meses. Trump fez diversas acusações contra os chineses na pandemia de Covid-19 – de que eles estavam ocultando informações, ou que causaram propositalmente a pandemia, ou ainda que eram beneficiados pela Organização Mundial da Saúde (OMS). Pequim sempre negou todas as acusações.