A jornada rumo a Autorrealização

As razões para a frustração, a decepção, o fracasso e todos os sentimentos negativos que acompanham uma pessoa em momentos distintos da vida, com mais ou menos intensidade, costumam ter uma origem comum. E não é o fato das circunstâncias não serem propícias ao sucesso, ou de você ainda não estar preparado ou qualquer outra desculpa que encontra-se para justificar determinada situação.

A verdade é que é muito difícil reconhecer as próprias fraquezas, os pontos de fragilidade e sabotadores internos. Como então ultrapassar as inúmeras barreiras rumo ao verdadeiro propósito ? E não digo aqui de um motivador superficial externo, talvez uma bela casa, uma conta bancária gorda ou um estilo de vida de luxo. Ser capaz de entender o próprio propósito exige uma autorreflexão profunda do seu caráter, da sua personalidade, do seu estilo de vida e das suas experiências passadas.

Freud e Jung podem ter discordado da forma de se compreender os motivadores dos sonhos, de forma causal (origem do sonho) ou final (finalidade do sonho), mas concordaram no cerne da questão. O indivíduo é influenciado no seu consciente e no seu inconsciente pelos seus sonhos, um sinal de que a busca pelo autoconhecimento acontece tanto num nível racional (consciente, desperto) quanto abstrato (inconsciente). O ponto que quero reforçar é que a busca pelo autoconhecimento é constante e presente em todos os ciclos de vida de alguém.

Agora se mesmo sabendo o papel dos sonhos (motivação) e da importância do autoconhecimento (autorreflexão) porque ainda assim a maioria não é capaz de alcançar de forma satisfatória seus propósitos de vida ? A ponte entre a linha de chegada e o ponto de partida, infelizmente é bem mais tortuosa e longa que uma análise de sonhos ou uma lista de metas pessoais a serem realizadas no ano.

O exercício constante da reflexão e a provocação contínua em se superar SÃO o que diferenciam os frustrados dos conquistadores. Seguem algumas etapas básicas para te orientar rumo a autorrealização para você iniciar sua jornada do autoconhecimento AGORA.

  1. Tenha uma visão dos seus limites e dos seus pontos fortes: PONTO DE PARTIDA
  2. A necessidade de autorrealização é obviamente o fator primordial da motivação e felicidade, você precisa estabelecer a(s) conquista(s) de forma objetiva (o quê, porque, como e quando): PLANEJE SUA CONQUISTA
  3. Toda execução em qualquer nível de vida, seja profissional ou pessoal, depende de algumas boas e poucas características: INTENSIDADE e FOCO
  4. Repita a etapa 1 constantemente e consistentemente, pois à medida que você conquista suas primeiras metas, você adquire mais autoconhecimento, que passa a ser algo cada vez mais recorrente na sua vida, um CICLO VIRTUOSO.

Esse exercício é a própria definição da AUTORREALIZAÇÃO. A capacidade de conquistar o seu propósito, porque agora você se conhece, tem maturidade para evoluir nas suas conquistar, progredir sempre e continuar firme na jornada pelas conquistas que fazem sentido para você e por você.

Parafraseando um post super interessante da equipe do Core Desenvolvimento, seguem algumas dicas dos auto-realizadores

Características dos auto-realizadores

  •     Percebem a realidade eficientemente e conseguem tolerar as incertezas;

  •     Aceitam a si mesmos e a outros pelo que são;

  •     São espontâneos nos pensamentos e comportamentos;

  •     São centrados no problema, em vez de em si mesmos;

  •     Têm um bom senso de humor;

  •     Altamente criativo;

  •     Resistentes à aculturação, embora não propositadamente inconvencionais;

  •     Capazes de profunda apreciação das experiências básicas de vida;

  •     Estabelecem relacionamentos inter-pessoais profundos e satisfatórios com poucas, em vez de muitas pessoas;

  •     São capazes de observar a vida sob uma perspectiva objetiva;

 

O que você está esperando para realizar o seu propósito de vida e ser também um autorrealizador ?

Saiba mais aqui

 

Leave A Comment